RSS
Hello! Bem-Vindo! COMENTE! Vamos Respirar Cinema, escolher os melhores actores, os melhores filmes e as cenas predilectas. Tem uma opinião? Deixe-a no Read User's Comments

Ideias (não) originais / (not so) original stories



Sometimes movie stories are based in others tails. But other times, they are a huge success has an original concept. Right! Just see this example and post your opinion.

Muitas vezes as histórias que assistimos no cinema são baseadas em outras. Contudo, nem sempre isso fica claro. Muitas vezes o dito «original», é afinal uma cópia, e muito descarada. Vejam este exemplo e digam lá o que vos parece?

video


Direitos de Autor e a Internet/ Authoring rights


English:
Being a good guy never compensates.
Today I´ve receive a youtube notification reporting me that two clips of mine were a violation to the rights of the Paramount Pictures Corp. Next time something would be report, my acount would be deleted.

Ok, the notice about companies rights violation are there, next to the upload botton. But has a person that decided to create a blog to talk about movies and it´s favourites parts, I never seen it has a violation. The intention was to put people´s interest back in the Indiana Jones movies and receive feedback of their impressions at the same time the next movie would be publicised. Me, an infractor?

Let´s analize this. I feel like such a small part of this like a tinny invisible grain of beach sand. The internet and Youtube in particular, are places where you can discover, even without looking, a lot of really agressive material. Also agressive people, that uses a disturbed languadge. Youtube seems NOT TO have anything else than videos recorded from Tv programming.

I taped my now erased 5 Indiana Jones clips back in 1988, or so... I know: rights. They never run out when you´re dealling with big sharks. But 20 years ago... let it go, man! It´s free publicity.

The internet is a free world resorce that needs some law intervention, in intention to prevent or radicate criminal atitudes from it. But removing a 3 seconds movie clip with this tipe of function, is like saing it´s a crime to quote a phrase from a book or quote the words of a poet. It´s not a crime.

Português:
Ser simpático nunca leva a lugar nenhum.
.
Recebi uma notificação do Youtube, avisando que dois dos cinco trechos em vídeo que lá coloquei sobre o primeiro filme do Indiana Jones, tinham sido reportados como material que viola os direitos autorais da Paramount Pictures Corp.
.
Ok. É verdade. Em baixo do botão de Upload está o aviso sobre os direitos autorais. Mas como alguém que quis apenas criar um blog para trocar impressões sobre filmes e suas cenas predilectas, homenageando-os e reavivando em todos a vontade de os rever, a minha intenção parece-me demasiado inofensiva para tal repreenda.
.
Vamos analizar isto. No youtube em particular, mas na internet no geral, encontra-se muita coisa que não devia estar a ser amplamente divulgada. Violência e agressividade, linguagem ofensiva e coisas bem mais terríveis que nem quero pensar. E é esta flor de lótus, no meio do lodo, que vão colher.
.
O site em questão, o Youtube, nem parece ter vídeos que não sejam na sua maioria obtidos através de programas de televisão. Os meus agora apagados trechos do filme, foram gravados há 20 anos da Tv. Por favor! Sim, os direitos mantêm-se. Mas esta situação deve ser interpretada mais como uma homenagem que uma infracção. A maioria das empresas já percebeu isto e ao invés de andar à caça de infractores, associam-se ao fenómeno e tiram proveito. Parece-me inteligente.
.
Como fã coloquei os trechos do filme "Indiana Jones" com o objectivo de atiçar a memória das pessoas e levá-las a rever a saga. Fui simpática, coloquei o link directo para visitarem o site que promove o novo filme, num post datado quando este ainda estava a ser concluído. E eis que agora que o filme chegou aos cinemas, me dizem que se trata de uma violação de direitos autorais. :(
.
Esta coisa dos Direitos Autorais é como tudo o resto: servem para proteger os poderosos, não os pequeninos. Andam pessoas a ver os seus direitos de privacidade na internet a ser violados constantemente, têm fotografias que colocam em blogs pessoais publicadas na imprensa, andam vídeos de pura violência e terrorismo a circular por aí, encontra-se limguagem ofensiva por todo o lado e é este inocente alfinete no meio de tantas agulhas, com intenção de prestar uma homenagem o infractor?
.
As autoridades responsáveis por fiscalizar e lesgislar a internet têm um longo percurso pela frente. Muita coisa devia ser restringida e limitada. Os verdadeiros perigos. Agora trechos de 3 segundos de vídeo em homenagem a uma obra, é como transcrever uma frase de um livro ou citar um poeta. Não é crime.

What´s so Great About...


Jack Nicholson
Johnny Deep
John Travolta?

What makes them great?
O que os faz especiais?

Some actors have a superstar status that I don´t understand. Maybe you can tell me.
Alguns actores atingiram o estatus de super-estrela embora não entenda porquê. Talvez você possa dizer-me.

Jack Nicholson -1
Johnny Deep - 2
John Travolta - 3
.
1- This guy screamed loudly in front of a camera back in the 70´s and got instant sucess. What have him made since?
1- Este tipo gritou em frente da câmera que nem um louco lá nos anos 70 e tornou-se instantâneamente num grande actor. Mas o que fez ele desde então?
.
.
2- OK, I liked Phenomenon inspite of the poor, extreamly poor portuguese skills that the character suposely learns with perfection (he should take - not had given- some lessons from Forest Whitaker). But since Look who´s Talking plus the sequels what have this actor done that shows talent? Specially one so big that allows him to own an airplaine fleet and an airport in his home. Not such talent!
2- Ok, gostei de Fenómeno a pesar do mau, muito mau português que a personagem supostamente aprende a falar na perfeição (ele devia ter aprendido, não dado lições, com Forest Whitaker). Mas desde Olha quem fala... e sequelas, o que fez este actor que mostre um talento tão grande que lhe permite possuir uma frota de aviões e fazer um aeroporto na sua casa? Não me parece proporcional!
.
.
3- An idious pirate CGI always dark movie in three poison doses. Urk!!!
3- Um odioso filme de piratas, sempre escuro, feito por computador em três doses letais de veneno. Urr!!!
.
.
.
What´s your opinion? Maybe they´re great people, i don´t know them. But are they really superstars that diserve such status or am I just a "J" starting name letter hater?
Qual a sua opinião? Eles podem ser boas pessoas, não os conheço. Mas o estatuto de super-estrelas é merecido ou será que simplesmente tenho implicância com nomes começados por "J"?
.
.

A civilization GONE WITH THE WIND


..Não desperdice o tempo que é dele que a vida é feita.
Time is what life is made off, don´t waste it.
*
This is for me the most important quote present on the movie
Esta é para mim a mensagem de maior importância contida no filme
.
.
E TUDO O VENTO LEVOU...-FAVOURITE SCENES:
.
What’s you favorite moment in Gone With the Wind?
Qual o melhor momento do filme?
.
Here’re some tips to guide you: / Aqui estão umas directrizes:

The kissing scene on the bridge – a cena do beijo na ponte
The going up the stairs two by two steps – a subida da escadaria
I’ll never be hunger again!”- swear scene – Nunca mais terei fome! - a jura


The one I elect is: / Elejo a seguinte:


The most sad fact about the story? Is Scarlet thinking she loves Asley when she never did and only realises this when she losts the one she really loves. / O que esta história tem de bela e triste é o amor que Scarlet pensa sentir por Asley o tempo todo e, afinal, nunca sequer o amou. E quando ela percebe isto perde aquele que realmente ama. Ai, a ironia! Qualquer mulher sabe entender o que é gostar e descobrir que nunca gostou.


.
TRIVIA ABOUT GONE WITH THE WIND:
1) It’s a 1939 movie / filme de 1939
2) Elected by everyone has the best movie of all time / Eleito o melhor filme de sempre
3) Vivien Leigh salary after 125 days work: $25.000 / o salário de Vivien Leigh foi de 25.000 dólares e 125 dias de trabalho
4) Clark Gable salary after 71 days work: $120.000 / o salário de Clark Gable foi de 120.000 dólares e 71 dias de trabalho
5) First sequence shot: Atlanta´s fire / primeira sequência gravada: o incêndio em Atlanta
6) They burn the King-Kong gate scenery and others / O portão do filme King-Kong e outros cenários foram queimados
7) Last sequence shot: opening scene with Scarlet / última cena gravada: a da abertura
8) Is based on the 1936 Margareth Michel novel / Com base no livro que Margareth Michel publicou em 1936
9) First color film to win the Best Picture Óscar / Primeiro filme a cores a ganhar o óscar para melhor filme
10) Hattie McDaniel (Mammy) was unable to attend the premiere in Atlanta because of it’s racially segregated society / Hattile McDaniel (Mammy) não compareceu à estreia do filme em Atlanta devido à segregação racial do local
11) Leslie Howard didn´t attend the premiere in Atlanta / Leslie Howard não foi à estreia em Atlanta
12) Every man actor thought this was a horrible role and didn´t want nothing to do with it, saying it was going to be a hudge movie failure. / Todos os actores masculinos de renome achavam Reth Butler uma má personagem e não queriam nada a ver com o filme, que seria um colossal fracasso
13) Every man actor in major roles detest their part: Gable, Leslie e Ran Brooks (Charles Hamilton) /Actores que não gostaram dos seus papéis: Gable, Leslie e Ran Brools (Charles Hamilton)
14) Vivien Leigh name appeared in last on posters until she wins the oscar / O nome de Vivien Leigh apareceu em ultimo lugar nos posters, até ela ganhar o óscar
15) 1400 actresses were interviewed for the part of Scarlett, 400 did the readings / Foram entrevistadas 1400 actrizes para o papel de Scarlett e 400 chegaram a fazer testes com camera
16) Clark Gable was so distress about having to cry on camera that he almost quit/Clark Gable ficou incomodado por ter de chorar em cinema e quase pediu demissão
17) Vivien Leigh was instructed to really hit Buterlfly MacQueen although that wasn´t her will and after many takes, McQueen started to cry, refused to be hit again and someone in the back clapped while Leigh pretended to hit / Vivien Leigh foi obrigada a bater de verdade em Buterfly McQueen na cena do parto e após muitos takes, esta chora e recusa-se a continuar. Alguém atrás imita o som da chapada e Vivian finge. Tanta coisa, e a cena não convence




MY IMPRESSIONS: - AS MINHAS IMPRESSÕES:

What most impresses me about this movie is the different treatment given to men and women actors. / O que mais me impressiona neste filme é o tratamento dado ao actor homem e ao actor mulher ser tão diferente.

First of all, thousands of women had to work hard for months for one to get the role of Scarlett. Opposite to this, both Gable and Howard didn’t want to play their characters and were pursuit to it with money and other attraction deals. (such has divorce and movie producer deals). / Milhares de mulheres lutaram pelo papel de Scarlett mas os homens não queriam aceitar os seus papéis e tanto Clark Gable como Leslie Howard tiveram de ser persuadidos com dinheiro e negociatas (Gable recebeu um bom bónus para poder se divorciar da esposa e Leslie a tão desejada oportunidade para produzir um filme).

The second thing that impresses me is how bad is Leslie Howard portraits Ashley Wilkes. They should have let him go. He his reported to go on set not knowing his lines and was too old for the part (the actor was born in 1893). / Leslie Howard interpreta muito mal Asley Wilkes. Diz-se que chegava ao set sem saber as suas falas. Também era demasiado velho para o papel e sabia-o. (o actor nasceu em 1893).

The third thing impressing me is the irony of having the actress whose character dies first, still alive today. Olivia De Havilland played Melanie and is 91 years-old with birthday on July 1st. / A ironia de ser Olivia de Havilland a única a estar viva nos dias de hoje, quando no filme "Melanie" é a primeira a morrer. A actriz tem hoje 91 anos e fará 92 em 1 de Julho.

Leslie Howard died in 1943, during the 2nd WW. The plane he was on left from Lisbon and was shot down over the Bay of Biscay. Gable and Vivian died in the 1960´s, from a heart and tuberculosis disease respectively. / Leslie Howard morre em 1943 durante a 2ª GGuerra quando o avião onde seguia parte de Lisboa e é abatido na Baya de Biscay. Gable e Vivien morreram nos anos 60, ele de ataque cardíaco e ela de tuberculose, após anos enferma e  em sofrimento.

I enjoyed India Wilkes’s actress work and was sad to know she only made this movie and retired. / Gosto de ver a actriz que interpretou India Wilkes e pesquisei outros seus trabalhos, só para descobrir que este foi o primeiro e último.

Maybe due to this experience: this was not an easy movie to make. Lot’s of confusion, discussion and financial difficulties with the demission of it first director and a reported bad atmosphere. It is said that Vivian Leigh was permanently mistreated by second director Victor Flemming. He had no desire to be nice and call treat her like a bitch, having once said: “Take the script and stick it up your royal British ass”. / Talvez isso se deva a esta experiência: "E Tudo o Vento Levou" não foi um filme fácil de ser feito. Muita confusão, discussões, problemas financeiros e a demissão de um director. Diz-se que Vivien Leigh, talvez descriminada por ser Inglesa e não americana, era permanentemente maltratada pelo director/realizador Victor Flemming. Parece que este lhe terá dito: "Pega no guião e enfia-o no teu real britânico cú"! Diz-se que ela fumou 4 maços de cigarros por cada dia (125) de trabalho.

Until it went to the editing table, the movie sequence was still a finish product to be resolved. Failure was such a fear that the movie was premiere with a random audience. Not even 3 seconds had pass for them to be crying of happiness. The public buzzed loudly when David O Selznick’s name appeared in the credits. The novel author’s name appeared immediately after: Margaret Michel. In this moment the crowd yelled, stood up on the seat and completely buffered the opening music theme. / Até sair da mesa de edição, não se sabia como o filme ia ficar. Temia-se tanto o fracasso que foi feita uma pré-exibição com uma audiência de cinema escolhida ao acaso. Não demorou 3 segundos para se descobrir como o público ia reagir. Assim que o nome do produtor David O Selznick aparece no genérico, o público manifestou-se. Mas é quando surge o da autora, Margareth Michell, que este entra em euforia, começa a gritar e se põe de pé em cima das cadeiras. O contentamento e surpresa é tanto que abafaram totalmente o som do genérico.

I wish I was there to see it! / Gostava de lá ter estado para o ver!

One type actor


E se Júlia Roberts, Nicole Kidman, Matt Demon, Brad Pitt e Robin Williams interpretassem sempre as mesmas personagens?

É o que parece ter acontecido a Meg Ryan, Eddy Murphy e Jim Carey. Estes três actores atingiram o sucesso e fizeram carreira com um determinado tipo de papel, e em praticamente duas décadas de carreira, não variaram.

Meg Ryan, a eterna menina das comédias românticas, ficou presa à imagem até pelo estilo de penteado e a maquilhagem em volta dos olhos.
.
.
.
Eddy Murphy atingiu o mesmo estatuto graças ao olhar expressivo, ao falar rápido e claro, a famosa risada.
.
.
.
Jim Carey interpretou sempre o tipo exagerado, que balbucia palavras quando está nervoso e exagera nas reacções emocionais.
.
.
.
. Todos se aproximam dos 50 anos agora e o fim da juventude e da beleza parece ter ditado o final de carreira em cinema. Não duvido por um segundo do talento de cada um deles. Mas o comodismo de praticamente duas décadas de sucesso dentro do mesmo tipo de personagem tirou-lhes, na maturidade, a possibilidade de fazer algo maior, para um público igualmente vasto.
.
.
Erro esse que não cometeu Júlia Roberts, que da romântica prostituta de Pretty Girl investigou o Dossier Pelicano, foi Erin Brockovich e andou na Teoria da Conspiração. Agora espero para a ver no filme com Tom Hanks sobre um senador atípico. Um currículo muito diversificado!

O mesmo se pode dizer da carreira de Nicole Kidman, quejá foi morena em “As Horas” e fantasma em “Os outros”.
.
..
.
.
Matt Damon soube fugir ao papel-estereótipo como o seu amigo Ben Afflect não soube. Foi um “Bom Rebelde”, andou pelo Oceano 12, 13 e Syriana e na triologia de Bourne. Ninguém acreditava que ele fosse o tipo “herói de acção” mas cá está: talento supera estereótipos! E francamente, penso que estamos cansados deles.
.

Se Brad Pitt tivesse ficado pelos papéis românticos, hoje também estaria apagado. Mas como foi a morte em Joe Black, um vampiro na Entrevista com, andou Sete Anos pelo Tibete nos seus Sete Pecados Mortais e no Clube de Combate enfim… outro vasto currículo.
.
.
E se Robin Williams tivesse ficado pela comédia onde é mestre e rei, não teria visto o Mundo Segundo Garp, formado um Clube dos Poetas Mortos ou dado os Bons Dias ao Vietname!
.
E é por isso que é lamentável que os três mencionados em cima tenham ficado por um tipo. Agora tentam ser aceites em papéis diferentes. Meg foi ás cordas de boxe, Eddy andou a cantar em DreamGirls e Jim foi severamente criticado pela sua interpretação em A Vida de Truman, onde gostei de o ver. Veja você também:

English Version:
What if Júlia Roberts, Nicole Kidman, Matl Demon, Brad Pitt and Robin Williams had always played the same type role?

That’s what seems to have happened to Meg Ryan, Eddy Murphy e Jim Carey. These three actors achieve success and made their career out of one type character and never diversify in almost two decades of movie business.

Meg Ryan the eternal romantic comedy actress, stayed stuck to her image to the point of not being able to change her appearance too much. She stayed trapped in the same hair style and eye make up.
Eddy Murphy reached his fame tanks to his funny looks, his talking fast and of course, his famous laughter.
Jim Carey became a star manly due to his over-acting abilities, his exaggerated gestures and expressions and ability to talk no-sense.

All of them are near their 50´s now. With their youth and beauty over the fence seemed to come the end of success movies. Not even for a second I doubt this people skills and talents but the truth is they brought it to themselves. By not diversifying their talents, they accustomed a certain type of audience to like them only in one type character.

That mistake was not made by Júlia Roberts, Nicole Kidman, Matl Demon, Brad Pitt and Robin Williams.

Julia went from a romantic Pretty Woman prostitute to the Pelican Brief investigator, passing on a Conspiracy Theory and becoming Miss Erin Brocknovich. Soon she will be appearing with Tom Hanks in an interesting movie about a peculiar senator.

The same can be said about Nicole Kidman professional resumée. She was a brunet for The Hours and a ghost from another century in The Others.

Matt Damon was able to run away from stereotype roles, not following his Ben Affleck friend steps. He went by Oceans 13, 13, Syriana and is now in an Bourne trilogy. No one had much faith in him has an action actor but he came and prove talent can do anything. Thankfully, I must say, because I’m so tired of the action-type stereotype!

Brad Pitt: if he stayed on romantic roles, today he would be erased also. But he was death in Meet Joe Black, a vampire in The Interview, he went Seven Years on Tibete and had Se7en sins and a Fight Club. Well, another vast résumé.

And Robin Williams, the king of comedy! If he had stay only in that type role, he wouldn’t had seen the World According to Garp, or had form The Dead Poets Society or given the Good Morning Vietnam line!

.

And this is why is so sad the three first mentioned never diversified there body work. Meg went Against the Ropes, but was a flop. Eddy went on singing in Dream Girls and I presume did his part well and Jim was severely criticised by his role in Truman’s Show, that I enjoyed and welcomed. See it your self:


We’re all waiting for Indiana Jones IV to premiere on cinemas all over the world. But until that moment, lets review scenes from Indy I. What’s your favourite?

Enquanto não se dá a estreia mundial de Indiana Jones IV, relembremos Indy I. Qual a sua cena favorita?

My favorite / A minha favorita:



Rolling Stone / A pedra:






The Punch / O Soco:






The Shot / O Tiro:






The Kiss / O Beijo:






The Car / O Carro:






Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skulls is the name of the new Indy adventure. Let’s hope is a success! Skulls were also a main characteristic of Indy II, the worse movie made about the character. I hope Spielberg, that loves blondes, realizes that brunets are the way to go! The female protagonist is going to be blonde (shit!). I hope this is not a condemning characterist to movie failure, hi, hi, hi!

You can read more about it in the Indiana Jones Official site (http://www.indianajones.com). Visit the “That’s a Wrap” video, see pictures of actress Karen Allen (Marion) again in her character and many more. We will see how it goes on May 22st!
.
Indiana Jones e o Reino das Caveiras de Cristal é o nome da nova aventura de Indy. Esperemos que seja um sucesso! Caveiras já foram um elemento importante de um dos filmes da saga – o segundo e pior alguma vez feito. Esperemos que não seja um factor decisivo! Steven Spielberg adora louras. Gostava que compreendesse que as morenas são a aposta certa! Afinal, nenhuma protagonista de Indiana Jones alcançou o sucesso e a empatia do público como Karen Allen, a jovem e morena Marion do primeiro filme.

Pode ler mais sobre o novo filme no site oficial (http://www.indianajones.com/). Visite o vídeo “That´s a Wrap”, veja as fotografias, faça o download de wallpapers e muito mais. A 22 de Maio deste ano veremos como se sai a quarta aventura de Indiana Jones!
 
Chegou ao fim? Deixe um comentário! CINEMA 4 US - blog português/inglês.
Free WordPress Themes Presented by EZwpthemes.